Problemas com vinho e filoxera

Em 1870, o piolho raiz da América Oriental introduziu uma doença chamada filoxera que ameaçava seriamente a indústria do vinho. A doença destruiu vinhedos em quase todas as regiões, incluindo Europa, Austrália e Califórnia. Hoje, algumas variedades de uva são cultivadas pela Califórnia, no entanto a Phylloxera vem sendo um grande dificuldade para os produtores de vinho desde por isso. Aqui estão alguns dos defeitos mais comuns envolvendo vinho e filoxera. Os problemas mais comuns envolvem os tipos de videiras que são mais suscetíveis à doença.

Sulfitos

Os sulfitos no vinho têm sido associados há longo tempo a dores de cabeça, contudo bem como existem outros efeitos de sulfitos. Dependendo da quantidade que você consome, os sulfitos no vinho podem causar colméias e angústia no estômago. Entretanto, na maioria das vezes, os efeitos dos sulfitos no vinho são muito leves. Mantenha olhando pra comprar mais dicas sobre isso sulfitos em vinho e outros produtos alimentícios.

Vinificação

O processo de fabricação de vinho é chamado de vinificação. Começa com a seleção de frutas e fermentação do suco em álcool e termina com o engarrafamento do líquido acabado. Ele existe há milênios, e a ciência de fazer e usar o vinho é chamada de oenologia. A pessoa responsável pela formação do item acabado é chamada de vingonete ou enólogo. Mas, o processo não se limita a um único estado. Em outras partes do universo, os vintners são famosos como Vintners.

Vinologia

Os aficionados por vinhos têm um tratamento no momento em que visitam a vinologia em São Francisco. Esta nova loja de vinhos abre em 1º de dezembro e apresentará degustações de vinhos, picadas leves e preços excepcionais para alguns dos melhores vinhos. Seu programa de amostragem com curado sommelier permite que os freguêses experimentem diferentes variedades de vinhos e os permitirão compará-los a localizar quais mais gostam. Embora a vinologia seja um botequim de vinhos, ele também terá numerosos pratos projetados para combinar com incalculáveis tipos de vinho.

Problemas com vinho e filoxera 1

Vinologia e vinho jovem

O estudo do vinho assim como é conhecido como enologia, e a expressão “vinho” tem muitos significados. Além de uma bebida saborosa, o vinho é uma bebida alcoólica feita de suco de uva. O vinho é uma expressão fora do padrão e às vezes é chamado de vinho de dente de leão ou vermelho escuro. Há muitos diversos tipos de vinho, incluindo brilho, vermelho, branco e rosé. Além das variedades modelo, o vinho podes ser localizado em palavras britânicas fora do modelo, como vinho de dente de leão ou beira preta.

Apelações de origem

Os denominações de origem pelo vinho são estabelecidos geograficamente e apontam que o vinho é produzido em uma localidade específica. Nos Estados unidos, as denominações de origem pra vinhos de uva são definidas como áreas geográficas onde as uvas são cultivadas. Essas regiões têm limites delineados específicos e têm padrões estritos pra criação. Os enólogos que seguem estas regras têm uma vantagem distinta no mercado. A conversa a acompanhar explora a interação desses 3 corpos da lei.

Carbonato de cálcio

Quando adicionado ao vinho, o carbonato de cálcio reduz a acidez. Uma onça única, ou meia colher de chá, tem que cortar a acidez em cerca de 0,1%. É primordial perceber que leva meses para o carbonato precipitar completamente no vinho. Além disso, a adição de carbonato de cálcio ao vinho se intensifica a quantidade de água no vinho, o que poderá ampliar sua brutalidade. É importante armazenar vinho em um recinto fresco e seco por pelo menos vinte e quatro horas antes do consumo pra impedir a espuma.

Alergias de sulfito

Os pacientes com alergia a sulfito devem impedir todas as substâncias contendo sulfito. Pra tornar isto possível, eles precisam consultar teu médico. Eles darão instruções específicas a respeito do que fazer se passar-se uma reação. Por hora, porém, é relevante impossibilitar todas as substâncias contendo sulfito. Contudo se você tiver uma alergia a sulfito, poderá desfrutar de vinho com segurança.

Variedades de uva

As outras variedades de uvas de vinho são o repercussão de travessias intencionais de duas ou mais variedades de uvas. Essas variedades se concentram nos traços positivos de tuas variedades pais, enquanto suprimem seus recursos menos desejáveis. O procedimento de construção cruzada é de dinheiro e tempo intensivo. O desenvolvimento de recentes cultivares é um tema primordial do Lehr und Forschungszentrum fur wein und obstbau em Klosterneuburg, Áustria. Nesse lugar, enologistas e enólogos selecionam as recentes videiras mais promissoras para o plantio.

Níveis de sulfito

Os níveis de sulfito no vinho são produzidos naturalmente por uvas durante o processo de fermentação. A maioria dos vinhos contém menos de dez ppm, entretanto se um vinho contém mais, provavelmente foi tratado pra englobar sulfitos para torná -lo mais estável. Os vinhos orgânicos podem conter sulfitos bem abaixo da norma, com um limite de 350 ppm (por miligrama), e a maioria dos vinhos orgânicos é ainda pequeno.

Sulfitos no vinho

Os sulfitos no vinho são uma pergunta desconcertante no universo do vinho. Enquanto outras pessoas pensam que são ruins, novas discordam. Mesmo que eles não sejam de fato ruins pra tua saúde, os sulfitos adicionados podem subjugar o sabor do vinho. Por aqui está o baixo pros sulfitos no vinho. Esse produto químico é usado pra impossibilitar que bactérias e leveduras destruam uvas trituradas e suco cru. Aproveitando a oportunidade, veja assim como esse outro blog, trata de um assunto referente ao que escrevo nesse artigo, podes ser benéfico a leitura: https://eldiariopositivo.com/escolhendo-um-vinho/.

Se você estava interessado no assunto nesse artigo, nesse lugar estão mais muitas páginas com conteúdo semelhante:

Uma leitura fantástica

Mais Ajuda