Como você mede os cuidados de saúde?

Existem três formas principais de verificar os cuidados de saúde. Eles são custos, valor e resultados. Vamos assistir pra qualquer um deles. Como você mede cada um deles? Nesse lugar está um guia passo a passo. Para começar, defina seus resultados de saúde. Essencialmente, os resultados com os quais você mais se importa são as taxas de mortalidade e o status funcional. Logo após, meça sua prestação de serviços de saúde contra esses resultados. Ao fazer isto, você poderá determinar se seus cuidados de saúde estão auxiliando você.

Valor

O valor dos cuidados de saúde se tornou uma prioridade nacional, à quantidade que o sistema de saúde dos EUA se transforma de acordos usuais de taxa por serviço em contratos baseados em valor. Com a crescente gravidade do “valor” nos cuidados de saúde, a pergunta de como medir isso assumiu uma nova emergência. Em particular, o Conselho Nacional de Saúde e as organizações de pacientes estão se concentrando na relevância de “valor” como uma métrica de medição. O valor dos cuidados de saúde é o valor dos resultados médicos pra um grupo específico de pacientes, como moças saudáveis ​​ou pessoas mais velhas com múltiplas condições crônicas.

Gasto

O acréscimo do custo dos cuidados de saúde se necessita em enorme porção a doenças evitáveis. As 4 principais causas de morte são doenças cardíacas, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), câncer e derrame. Apesar de essas doenças sejam caras de tratar, elas geralmente podem ser evitadas ou gerenciadas a um gasto pequeno se diagnosticadas com antecedência. Fumar e obesidade são fatores de traço significativos para doenças cardíacas e câncer de pulmão. Ademais, a alta taxa de obesidade contribui pro acréscimo do custo dos cuidados de saúde.

Redução de custos

Incontáveis fatores contribuem pra inevitabilidade de redução nos custos nos cuidados de saúde. O primeiro é abordar custos fixos, como pessoal e espaço de laboratório. Nos cuidados de saúde, os custos fixos tendem a ampliar a uma taxa parelho ao avanço dos volumes dos pacientes, no entanto são capazes de ampliar mais de forma acelerada se a nova mistura de pacientes for mais complexa. Também, os mandatos de gastos do alto para baixo têm um efeito danoso pela propriedade dos cuidados e pela euforia dos pacientes.

Resultados

Embora as métricas habituais possam fornecer dados valiosos no momento em que usados ​​em conjunto com os resultados dos cuidados de saúde, eles conseguem ser enganosos no momento em que não estão vinculados a resultados relatados pelo paciente. Sem resultados, eles podem não ser significativos ou proteger os provedores a se concentrarem no que mais importa pros pacientes. Além do mais, fornecedores e pagadores que estão acostumados a avaliar métricas de procedimento podem descobrir dificultoso identificar aqueles que realmente importam. Esse artigo explicará a credibilidade dos resultados dos cuidados de saúde e como medi -los de maneira eficaz.

Cuidado coordenado

Os esforços para aprimorar o atendimento ao paciente por meio da coordenação dos cuidados são necessários pra adquirir os melhores resultados dos pacientes. Pela prática médica atual, os prestadores de serviços de saúde normalmente trabalham em silos, resultando em má comunicação e cuidados aleatórios. Os cuidados coordenados bem como ajudam a impossibilitar “soltar a bola”, períodos de espera indevidos e duplicação de esforços. Mas como os cuidados coordenados conseguem ser implementados em ambientes de atenção primária? A resposta é uma combinação de abordagens amplas e atividades específicas.

Equipa multidisciplinar

Uma equipe multidisciplinar tem muitas vantagens. A inteligência de agregar uma ampla gama de conhecimentos, conhecimentos e recursos significa que um paciente pode receber o ótimo atendimento possível. As equipes multidisciplinares são essencialmente eficazes no mundo em desenvolvimento, onde instalações de busca e funcionários limitados impedem o desenvolvimento de cuidados especializados. Além disso, existem muitos fatores que limitam a eficiência de tal equipe, incluindo ausência de entendimento e facilitação. Pra superar estas barreiras, os países em desenvolvimento precisam escrever políticas e diretrizes pra garantir que as equipes multidisciplinares possam funcionar corretamente.

Continuação do cuidado

A continuidade do atendimento alega -se à integração e coordenação dos cuidados de um paciente em imensas configurações. Pesquisas revelam que a baixa continuidade dos cuidados resulta em procedimentos desnecessários de diagnóstico e terapêuticos que custam bilhões de dólares nos Estados unidos a cada ano. Em um estudo recente da Escola Johns Hopkins, os pesquisadores analisaram o atendimento de 1,2 milhão de pacientes do Medicare e descobriram que pacientes com baixa continuidade dos cuidados receberam mais procedimentos diagnósticos e terapêuticos do que aqueles com alta perpetuidade. Um outro lugar envolvente que eu gosto e cita-se sobre o mesmo assunto desse site é o blog Alergista no Rio de Janeiro Https://Www.brasilsemalergia.online. Talvez você goste de ler mais sobre isto nele.

Ótimas informações relacionadas aos temas nesse post, você poderá querer de:

Visite essa url

fonte desta matéria

Como você mede os cuidados de saúde? 1